sábado, 31 de outubro de 2009

Evento comemora dia da Educação a Distância



O Portal EAD realizará o III Simpósio Virtual de EAD, nos dias 26 (Second Life) e 27 de novembro. Transmissão ao vivo pela internet com certificado digital e inscrições gratuitas. Programação no hotsite do evento. Acesse e inscreva-se!

Beth Almeida em Maceió

Hoje tive dois momentos de muita alegria.
.
O primeiro foi o reencontro, após 20 anos (aproximadamente), com Beth Almeida (PUC-SP). Foi emocionante... tantas coisas passaram pela minha mente. Tantos finais de semana passei em sua casa quando eu ainda era uma criança... O livro do Pequeno Princípe que ganhei como presente de aniversário... as descobertas... as brincadeiras... o macarrão Roberto Carlos (rsrs)...
.
Momento nostáugico e cheio de gratidão!
.




.
O segundo momento foi a banca de defesa de mestrado da amiga e grande educadora Carmen. Ela merece tudo de bom. Tive a experiência de ser tutoriado por ela num curso online, e pude aprender muitas coisas, inclusive sua postura ética, paciente e motivadora. Sua pesquisa inclusive foi sobre tutoria. Logo ela me permita colocarei aqui o resumo da dissertação.
.
Parabéns Carmen.

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Educação a distância cresce, mas sem a qualidade necessária

Do site: Sangari Brasil Notícias

A educação a distância (EAD) avançou muito no Brasil, mas de forma desordenada. Estamos muito distantes de trabalhar com a qualidade necessária e com avaliações adequadas", analisou o professor aposentado pela Universidade de São Paulo (USP), José Manuel Moran, no Seminário "Ensino a distância e Banco de Dados no Ensino Superior". O evento foi realizado em São Paulo (SP) na última semana pelo Centro de Estudos de Cultura Contemporânea (CEDEC).

De acordo com os dados do Ministério da Educação (MEC), o número de alunos matriculados em cursos superiores a distância cresceu 106% entre 2007 e 2008. O dado representou o aumento da participação da EAD no Ensino Superior brasileiro - antes era de 4,2%; em 2008, passou para 7,5%. No ano passado, havia 761.099 matrículas nessa modalidade distribuídas entre 109 instituições de ensino públicas e privadas.

"Avançamos, mas com defeitos. Temos de mudar o modelo de gestão e fazer com que a iniciativa privada atenda seus alunos de forma séria", disse Moran.

Segundo o professor, as instituições particulares, ao planejarem a expansão para a EAD, priorizam as metas quantitativas. "Os aspectos pedagógicos são engolidos pela visão econômica", ressaltou Moran, que já realizou consultorias para redes de ensino privada e é pesquisador da área de tecnologia educacional.

O professor também acompanha iniciativas públicas. "Eu sou a favor da Universidade Pública a Distância, mas o modelo de gestão implantado no Brasil é absolutamente caótico".

Tendo como objetivo a expansão da educação pública, o MEC criou em 2005 a Universidade Aberta do Brasil (UAB) - sistema que busca articular as instituições já existentes para estimular a ampliação da oferta de ensino superior, priorizando a formação de professores para Educação Básica.

"Não há uma cultura de integração entre as universidades. É o curso da USP, o da Unesp. Não conseguimos ter uma proposta conjunta. Se esse modelo permanecer, vamos pagar um preço terrível no futuro", alertou Moran.

Moran criticou ainda algumas regras d o MEC para o Ensino Superior a Distância. O professor considera um contrassenso um modelo de educação a distância ancorado na territorialidade. "É preciso fazer a ponte entre Federal e Estadual, olhando mais para o macro".

O professor da USP lembrou ainda que legislação brasileira exige que no mínimo 20% do total de horas-aula dos cursos credenciados pel o MEC seja presencial. "Não temos EAD no Brasil, mas semipresencial. Na graduação, se não tiver o polo local, o projeto não passa pel o MEC".

Moran apontou outro desafio para que aumente a qualidade dessa modalidade de ensino: a formação de profissionais para trabalhar com EAD. "Como vamos criar equipes que possam gerenciar tanto o presencial quanto a EAD?", questionou.

Para o professor da Universidade de Educação a Distância (UNED), da Espanha, Santiago Castillo Arredondo, é importante ter professores dedicados apenas a EAD. Já Moran defende uma maior integração entre os profissionais das duas modalidades. Também considera importante haver um currículo comum para os cursos a distância e presencial. "A Universidade é uma só e deve ter políticas integradas", argumentou o docente brasileiro.

Modelo de Avaliação Internacional

O seminário contou ainda com a presença do professor da Universidade Aberta de Portugal, Domingo Caiero. Ele apresentou a experiência portuguesa na avaliação de EAD.

Fundada em 1988, a Universidade Aberta oferece 15 licenciaturas e está desenvolvendo uma proposta de indicadores para avaliar a EAD em Portugal. Segundo Caieiro, a Agência de Avaliação e Creditação de Ensino Superior criou indicadores para a modalidade presencial, mas são insuficientes para avaliar a qualidade da EAD.

"Até novembro, teremos os indicadores para o ensino a distância em Portugal. A proposta é enviar à Agência para que ocorra uma integração entre os modelos de avaliação", explicou Caieiro.

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Você tem uma vida paralela?

Visitando o blog do Prof. Mattar (http://blog.joaomattar.com/) deparei-me com um posta sobre o crescimento de propostas educacionais que utilizam o Second Life.
.

Algumas pesquisas estão sendo realidadas, e podemos verificar isso visitando também o blog do WebCurrículo (PUC - SP).
.
João Mattar nos apresenta uma dissertação de mestrado sobre o uso do "metaverso" na educação. A proposta foi de Bruno da Costa, intitulada: A Construção do conhecimento nos metaversos: educação no Second Life.
.
Vejamos o resumo (disponibilizado no blog de João Mattar):
.
RESUMO
Esta pesquisa apresenta o estudo da formação do sujeito contemporâneo, permeada cada vez mais por acontecimentos simultâneos em tempos e espaços distintos desenvolvidos por meio de múltiplas interações modificadoras dos processos de interação e comunicação, mediadas por tecnologias hipermidiáticas, como a do metaverso, Second Life, que permitem novas formas de construção do conhecimento. Nesse contexto tecnológico, observam-se interações sociais cada vez mais complexas, devido ao excesso de expressões multiculturais, que provocam a dessimbolização dos valores locais e sugerem à sociedade um suposto cosmopolitismo, de escolhas aparentemente infinitas, refletidas a necessidade de pensar a vida real, permeada pelo físico e pelo virtual. A participação da tecnologia no processo formativo é apresentada na pesquisa por meio do relato histórico do desenvolvimento das tecnologias de comunicação, como o rádio, a televisão, o computador e o videogame, até o surgimento dos metaversos, utilizados pela mídia e na educação. As influências desses meios nas relações sociais são analisadas por meio da teoria crítica pelo conceito de cultura, identidade e educação para buscar, por meio da história oral de vida, aspectos da subjetividade humana na representação e interação virtual, a formação do sujeito. A escolha de um educador formado em letras e filosofia, numa área de atuação prática, considerada distinta das tecnologias, mas que faz uso desta no seu cotidiano, permite analisar o quanto a tecnologia se faz presente nas relações sociais contemporâneas, revelando a possibilidade de vivenciar experiências virtuais, nas quais é possível desenvolver interações para a construção do conhecimento.

Palavras-chave: Formação do sujeito, Cultura, Metaverso, Second Life, História de vida.
.
Será que estamos preparados para esta vida dupla?

João Mattar lança novo livro


O professor e pesquisador João Mattar lançou, na livraria Cultura (São Paulo) novo livro no dia 23 de outubro.
.
O lançamento do livro “Filosofia da Computação e da Informação” é descrito no blog do autor:
.
Para onde está nos carregando a carruagem tecnológica? O progresso tecnológico facilita ou dificulta nossa busca pela felicidade? A comunicação virtual é mais rica ou mais pobre que a comunicação cara a cara? Seria ético construir um robô capaz de amar? É possível educar pela Internet? Como deve ser tratado o cyberestupro?Neste livro, reflito sobre os efeitos gerados pela computação e pelas tecnologias da informação em áreas como realidade virtual, inteligência artificial, linguagem, comunicação, educação, artes, ética, direitos autorais e administração. Utilizando uma ampla e diversificada bibliografia, exploro os pontos de contato entre a filosofia, que surgiu com os pré-socráticos no século VI a.C., e a computação, que surge apenas no século XX. Onde, por exemplo, se encontram o Morfeu de Matrix e o filósofo francês René Descartes.
O livro é um convite a uma viagem para todos aqueles que se interessam por filosofia ou computação, passando por filmes, músicas, sites, games, legislação e vários outros elementos da sociedade da informação.
.
Filosofia da Computação e da Informação foi escrito com muito carinho e tenho certeza de que você vai gostar.

sábado, 24 de outubro de 2009

Eleições no CEDU - UFAL


Chapa que concorre para o próximo período de gestão do Centro de Educação da UFAL utiliza bolg para divulgação de suas propostas e ideias.
Atenção mestrandos regulares. Participar deste momento é fundamental para a melhoria de nossos estudos e do próprio CEDU.
Informe-se e vote em quem pensa na inovAção.

ESUD em São Luís


São Luís vai sedir o 6º ESUD, e a UFAL vai estar presente com algumas apresentações de trabalhos.




O 6º ESuD (Congresso Brasileiro de Ensino Superior a Distância) vai ocorrer entre 2 e 4 de novembro, em São Luís, no Maranhão. O evento será realizado pela UniRede (Universidade Virtual do Brasil), em parceria com a Uema (Universidade Estadual do Maranhão).


O objetivo do evento é promover ampla discussão sobre o desenvolvimento científico e tecnológico da EAD (educação a distância). Serão abordados temas relacionados à qualidade do ensino a distância e às possibilidades tecnológicas dessa modalidade de ensino, bem como sobre as políticas públicas de incentivo à EAD.


Estão previstas a apresentação de painéis, palestras e cases. A programação completa pode ser conferida no site do evento.


Para realizar as inscrições é necessário acessar o site da Unirede. A organização também disponibiliza um tutorial online explicando como efetuar a inscrição. Esclarecimentos sobre a inscrição podem ser solucionados pelo e-mail esud2009@gmail.com ou pelo telefone 0800 280 2731.


O evento será realizado no Rio Poty Hotel (Ponta d'areia), que fica na Av. dos Holandeses s/n - Lote 2/5 Quadra 32, no bairro Ponta D?Areia, em São Luís, no Maranhão. Para mais informações, acesse a página do ESuD na Internet.

Semana de Informática de Sergipe

Universidade Tiradentes vai abrigar a 6ª Semana de Informática de Sergipe.

Clique aqui para mais informações.

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Informe sobre o IV Congresso Acadêmico da UFAL

A pedido da Comissão Organizadora, segue informa aos mestrandos e aos que desejam submeter trabalhos no IV Congresso Acadêmico da UFAL.

Prezados Mestrandos

Maiores informações: congressoacademicocedu2009@gmail.com

Gostaríamos de reafirmar que a data de submissão de trabalhos para o IV Congresso Acadêmico 2009 da UFAL encerra-se no dia 25/10. Ademais, os dados dos mestrandos ainda estão sendo cadastrados junto ao NTI, não podendo estes terem acesso ao sistema, mas dentre em breve estaremos informando os dados de acesso ao sistema. Também gostaríamos de informar que o formato para submissão deve seguir as seguintes regras:

Tema

Palavras chave (3 palavras)

Introdução (máximo de 350 palavras)

Metodologia (máximo de 350 palavras)

Resultados (máximo de 350 palavras)

Conclusão (máximo de 350 palavras)

Os trabalhos serão classificados como comunicação oral e poderão ser apresentados em slides ou Banner. Podem ser submetidos trabalhos já publicados em outros eventos não havendo limites de submissão de trabalhos, tampouco de autores por trabalho. Portanto, desejamos a participação de todos no intuito de socializar o conhecimento científico produzido no CEDU.

Maiores informações: congressoacademicocedu2009@gmail.com

Atenciosamente
Rafael André de Barros
Comissão Organizadora
IV Congresso Acadêmico da UFAL 2009

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Alex Primo e a cibercultura

Já está disponível no youtube.com um discurso do Dr. Alex Primo, isso mesmo, o do livro Interação Mediada por Computador, sobre cibercultura.
.
Vale a pena assistir aos vídeos, divididos em duas partes, que estou inserindo aqui para "facilitar" a vida dos visitantes deste blog.



.


PPGE UFAL divulga relação dos inscritos em seleção

O PPGE da UFAL
está divulgando no site
.
.
a relação dos inscritos para a seleção de mestrado
para os anos de 2010 a 2012.
.
Desejamos a todos sorte. Preparem-se lendo e estudando!
.

Exigência do diploma e expansão da EAD

Aprovada exigência de diploma para professor de ensino básico

Do site: G1

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (21) um projeto que exige curso superior para professores de educação básica em todo o Brasil. A proposta, de autoria do poder Executivo, segue para o Senado Federal.

Atualmente, é permitido que professores com nível médio deem aulas para a educação infantil e para os anos iniciais do ensino fundamental (1° ao 5° ano). Levantamento divulgado pelo Ministério da Educação em maio deste ano afirma que quase um terço dos professores não tem curso superior ou atua em área diferente de sua formação.

O texto aprovado pela Câmara exige o nível superior para os professores das primeiras séries do ensino fundamental. No caso da educação infantil, o projeto exige o nível superior, mas abre a possibilidade de contratação de professores com nível médio nos locais onde comprovadamente não existirem profissionais com nível superior.
.
Observação deste blogueiro: com certeza, para poder atender a grande demanda, o Governo vai ampliar a oferta de vagas para os professores "leigos", já em sala de aula. Isso vai acontecer por meio do PAR (Plano de Ações Ariculadas), já sendo implementada pelo Portal Freire.
.
O que acontece é que uma questão deve ser levada em conta: como a maioria dos professores já está em atividade a formação para este profissional seguirá o mesmo currículo da formação de quem não está na atividade docente?
.
A EAD pode ser uma das saídas para atender a demanda, mas temos que ter cuidado para não fazer desta modalidade um distribuidor de diplomas, sem os cuidados necessários na formação inicial do professor.
.

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Microblogs em sala de aula ?

Microblogging en las aulas
.
El microblogging, también conocido como nanoblogging, es un servicio que permite a sus usuarios enviar y publicar mensajes breves (alrededor de 140 caracteres), generalmente de sólo texto. Las opciones para el envío de los mensajes varían desde sitios web, a través de SMS, mensajería instantánea o aplicaciones ad hoc.

Ventajas del microblogging en las aulas:

Permite a los profesores y estudiantes compartir recursos, enviar avisos y en general, mantenerse en contacto en relación con los asuntos escolares. Los profesores pueden utilizarlo para establecer las calificaciones, informar a los estudiantes de los plazos de los eventos del colegio o la universidad, entre otras cosas. Los estudiantes podrían utilizarlo para enviar consultas a los profesores o incluso para enviar enlaces a su trabajos, como si fuese un blog o página web personal. La clave es que un solo mensaje sea entregado a todos los pertenecientes a un grupo al instante.

Un breve ejemplo, actualmente si un docente dice que quiere adelantar la fecha límite para un proyecto debido a circunstancias imprevistas, imprimiría o escribiría un aviso y lo colgaría en un tablón de anuncios o tal vez lo enviaría mediante un correo electrónico a todos los alumnos de su clase… a veces incluso tendría que buscar uno a uno a los estudiantes para comunicárselo en persona.

El microblogging actúa como un tablón de anuncios en línea. Si se publica un mensaje todos en su grupo lo reciben. El docente podría tener varios grupos, uno para cada una de sus clases o materias.

Existen una gran cantidad de servicios de microblogging el más conocido por la sociedad en la actualidad puede ser twitter pero existen otros muchos como edmodo, Identi.ca, Jaiku, Pownce, Khaces y Xmensaje, pero el más orientado a las aulas es edmodo.

Algunos de los motivos por los que edmodo es el más orientado a la educación son los siguientes:

» Ha sido diseñado por personas que participan en la educación.
» Seguridad: Twitter y Plurk, por ejemplo, son utilizados regularmente por decenas de miles de personas, no todos los cuales podrían tener legítimas intenciones y que podrían tratar de ponerse en contacto o seguir a otros usuarios. Edmodo, sin embargo, es por definición una red especializada de educadores y estudiantes, por lo que los riesgos de ser contactados por extraños para fines no académicos se reducen considerablemente, proporcionando así un entorno más seguro en el que estudiantes y maestros o profesores pueden interactuar y colaborar con seguridad.
.
Texto do blog da Universidade de Deusto (Espanha)

Crianças pequenas não aprendem com vídeos educativos

.
Parece um contrasenso? Esta afirmação faz parte de um estudo realizado pela Universidade de Temple e da Universidade de Delaware.
.
As pesquisas chegaram a concluir de que nada vale os pais colocarem seus filhos (menores de 3 anos) diante da TV durante a veiculação de programas educativos se um adulto não reforça os conteúdos que foram veiculados.
.
Segundo o estudo, as crianças maiores de 3 anos aproveitam muito mais a programação infantil, pois já possuem desenvolvimento compatível para o aprendizado mesmo quando estão sozinhas.

Veja a matéria completa em:
.

domingo, 18 de outubro de 2009

Visões políticas sobre a EAD na USP

.
Dando continuidade ao post anterior, trago um outro post sobre visões e opiniões que circulam na imprenssa sobre a EAD. Desta vez é uma reportagem da Folha de são Paulo (online) sobre o processo de eleição do novo reitor para a USP.
.
A Folha tem realizado alguns debates sobre diversos temas. Desta vez foi a EAD o tema. Vejamos um "recorte" da matéria, mas que você pode ler na íntegra a partir do site: http://www.folha.uol.com.br/


(...)

Francisco Miraglia Neto (professor do IME), Glaucius Oliva (diretor do instituto de Física de São Carlos), Ruy Altafim (pró-reitor de Cultura) e Sylvio Sawaya (diretor da FAU) participaram da segunda rodada de debates promovida pela Folha na tarde de hoje. O primeiro turno das eleições para reitor será no próximo dia 20.

Um dos pontos debatidos foi sobre a entrada da USP na Univesp. Os quatro candidatos defenderam que a universidade explore as ferramentas da internet e adote um sistema de ensino a distância, porém, não necessariamente concordam que a instituição faça parte do projeto proposto pelo governador José Serra (PSDB).

Sawaya defendeu um aperfeiçoamento do modelo de ensino a distância adotado pela universidade. "A questão não é a educação a distância, mas sim o modelo adotado", afirmou, defendendo que a USP adote um projeto de "ponta" e não "intermediário".

Já Miraglia criticou a substituição total das aulas presenciais pelo ensino pela internet, mas reconheceu a importância da web na formação dos alunos. "O que estamos criticando é usar a educação a distância para fazer toda a formação básica da pessoa", afirmou.

Altafim, por sua vez, defendeu que a USP invista em um modelo de educação a distância, mas também se mostrou crítico ao projeto proposto pelo governo. "Para que possamos participar, é preciso que seja feito um redesenho do modelo Univesp", afirmou o pró-reitor de Cultura.

Enquanto o diretor do instituto de Física de São Carlos mostrou-se favorável à participação da instituição na Univesp, defendeu também um maior debate sobre o modelo proposto. "O ensino não precisa ser totalmente presencial, nem totalmente a distância", ponderou Oliva.

(...)

sábado, 17 de outubro de 2009

Mídia impressa ainda aborda EAD com preconceito

Chegando mais um domingo... e uma de minhas principais atividades é ler os jornais locais já em sua edição domingueira e acompanhar jornais de veiculação nacional pela internet
.
As notícias nesta época já são mais voltadas para os arrumados políticos locais, tendo em vista as eleições do próximo ano.
.
Mas a edição deste domingo de um jornal local traz uma matéria, dividida em duas páginas, sobre a EAD em Alagoas. Quero não acreditar que foi uma matéria comprada, pois nas linhas da matéria se lê claramente as intenções de uma instituição particular que oferece cursos de graduação a distância com vários pólos no Estado. Nem se fala dos cursos da UAB ofertados pela UFAL e pelo IF (antigo CEFET). Por qual motivo ?
.
Por qual motivo não se entrevista quem pode dar informações mais valiosas para os leitores? É claro que a matéria apresenta uma pequena consideração da Profa. Dra. Anamelea Pinto (Coordenadora da CIED_UFAL, professora do mestrado em educação brasileira da UFAL e pesquisadora na linha de TIC e educação), mas na própria matéria o nome dela aparece sem menção a sua função ou aos seus estudos na área da EAD, o que seria fundamental para dar mais credibilidade ao que foi escrito. Não aproveitaram tudo o que ela poderia dizer sobre a EAD.
.
A matéria é tendenciosa, preconceituosa - pois ainda trata EAD apenas como ensino - e trata a EAD como uma modalidade apenas como um "ajeitadinho", sabe aquela história que brasileiro dá um jeitinho em tudo... Mas quem vem estudando a EAD sabe que não é bem por aí. A EAD é coisa séria, apesar de muitas instituições ainda usarem-na para lucrar.
.
Pena que a mentalidade estreita de alguns formadores de opinião não descobriram, por conte de seus preconceitos, que a EAD tem oportunizado a formação de muita gente mundo afora.
.
Fica aqui o registro da minha crítica, e aos quem conhece os redatores da matéria deixo meu recado: não alimentem o povo alagoano com preconceitos. Nosso povo precisa crescer.
.

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Atenção ao prazo para submissão de trabalhos...


O V Seminário de Jogos Eletrônicos, Educação e Comunicação:
Construindo Novas Trilhas
(http://www.sejec-al.com.br) estará recebendo submissão de artigos até o dia 25 deste mês.

Não vamos perder a oportunidade de divulgar nossos estudos na área!
.

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Congresso Acadêmico da UFAL


INSCREVA-SE NO IV CONGRESSO ACADÊMICO DA UFAL

As inscrições serão feitas através do site www.congressoacademico.ufal.br

Webquest na Argentina


Olá internautas e blogueiros de plantão!
.
Acabo de receber o convite para acessar um site e um blog totalmente dedicados aos estudos sobre WebQuest.
.
Eu já havia publicado um post sobre um site de Portugal direcionado para esta temática, agora a proposta é da Argentina.
.
Vale a pena conferir, até mesmo pelas discussões sobre esta metodologia de pesquisa orientada, utilizando (em algum momento) a Internet, tendo em vista que muitos professores e alunos "se perdem" quando necessitam fazer uma pesquisa na www.
.
Particularmente tenho utilizado webquest desde 2005, e os resultados tem sido muito bons.
.
Vale a pena estudar sobre esta temática e colocar em prática.

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Inscrições Abertas Seminário de Educação na IV Bienal do Livro de Alagoas



Começaram as inscrições para o Seminário de Educação - Seminario: Formação de Professores e Problemáticas Transversais - promovido pelo PPGE e CEDU/UFAL e incluído na Programação da IV Bienal Internacional do Livro de Alagoas
Veja a programação:

Dia 02/11/2009 - Auditório do Centro de Convenções

09h 30 min - Abertura
10h Mesa Redonda 1 - Formação de Professores: desafios e perspectivas- Mediadora: Zilma Ramos de Oliveira (USP), Palestra
Palestrantes:
Antonio Joaquim Severino (USP e Selma Garrido Pimenta (USP)

13h 30 min - Mesa Redonda 2 - Discplina, Transversalidade e Interdisciplinaridade na Docência
Mediadora: Francisca Eleodora S. Severino (Unisantos)
Palestrantes: Celso Vasconcelos (USP) e Zilma Ramos de Oliveira (USP)

15h 30 min - Lançamento do Em Aberto n. 71

16 h - Mesa Redonda 3 - Integração de Mídias nos Espaços de Aprendizagem
Mediador: Luis Paulo Mercado (UFAL)
Palestrantes: Maria Elizabeth Bianconcini Almeida (PUC-SP), Maria Elisabette Brisola Brito Prado (Uniban)
.
As inscrições estão sendo realizadas na Secretaria do PPGE (CEDU_UFAL) com a entrega da ficha preenchida. As vagas são limitadas em 420.

domingo, 11 de outubro de 2009

Flagrante Teimosia (homenagem soa professores)

Flagrante teimosia

(Homenagem ao Professor, por (Osvaldo Epifanio)

Um milagre

Andar sobre o fio d’água e não afundar.

Sagrado enigma

Correr contra a tempestade densa

E não ser arrastado, sequer atingido.

Dançar na chuva e não se encharcar

Um incrível alento.

Um dom precioso

Ouvir um sussurro em meio à balbúrdia.

Ser o riso nas agruras alheias

Uma mágica envolvente.

Angelical

Voar sobre tantos mundos

E não se contaminar.

Voltar para casa

Em sublime confiança,

Com a certeza de que ainda se fez pouco:

Uma apoteose!

É a glória ser o mérito tão sonhado por muitos,

Sem desistência, sem temor.

Vive-se em ser professor.

Extasia-se em canto ardente ser mentor.

Ele, o mestre, não se faz sozinho,

Mas insiste, persiste e teima

Em ser admirado.

O que o Brasil tem a oferecer ao mundo agora?

Primeiro evento TED no Brasil apresentará inovações em diversas áreas de conhecimento e atuação.

No dia 14 de novembro, cerca de 700 pessoas estarão reunidas em São Paulo para debater “O que o Brasil tem a oferecer ao mundo agora?”. Este é o tema que guiará as discussões do primeiro evento TED no Brasil, o TEDx São Paulo. Durante todo o dia, 30 palestrantes apresentarão inovações em diversas áreas de conhecimento e atuação, com o objetivo de avaliar o papel de nosso país no contexto global.

Mais do que uma exposição de boas ideias, a conferência propõe a formação de uma comunidade de inovação, que inspire e mobilize. Um primeiro encontro, um primeiro passo. Desde a seleção dos palestrantes até a plateia, a Comissão Organizadora busca explorar a diversidade, criatividade, inteligência e, porque não, a paixão e fascínio dos brasileiros por seus projetos.

Uma força que une a química Milena Boniolo, que aos 25 anos recebeu o Prêmio Jovem Cientista por seus estudos em torno do uso da casca de banana na limpeza da água, à Guti Fraga, ator e realizador do Projeto Nós do Morro. Regina Casé, atriz, apresentadora e produtora de programas como “Central da Periferia”, à Flávio Deslandes, designer industrial, criador de bicicletas com bambu nativo do Brasil.

Pensadores que juntos descobrirão como um país moldado pela diversidade podem ajudar a construir na prática um mundo melhor. Para que a experiência não seja restrita aos presentes e não se encerre na data, após o evento todas as apresentações serão disponibilizadas na íntegra no site do TEDx São Paulo. No canal, os interessados também podem realizar suas inscrições. Vale ressaltar o evento não tem fins lucrativos. Os palestrantes não são pagos e as inscrições são gratuitas. Sendo fundamental a curadoria tanto de um, quanto de outro.

Sobre o TED: O TED surgiu em 1984 como uma conferência anual na Califórnia e já teve entre seus palestrantes Bill Clinton, Paul Simon, Bill Gates, Bono Vox, Al Gore, Michelle Obama e Philippe Starck. Apesar dos mil lugares na platéia, as inscrições esgotam-se um ano antes. Cerca de 500 das palestras estão disponíveis no site do evento e já foram acessadas por mais de 50 milhões de pessoas de 150 países. A cada ano a organização elege um pensador de destaque e repassa a ele 100 mil dólares para ele que possa realizar “Um Desejo que Vai Mudar o Mundo”. Com essas 4 ações, TED Conferece, TED Talks, TED Prize e TEDx a organização pretende transformar seu mote “ideias que merecem ser espalhadas” cada vez mais em realidade. “Acreditamos apaixonadamente no poder das ideias para mudar atitudes, vidas e, em última instância, o mundo”, dizem os organizadores do TED. Nós também. E você?

Sobre o TEDx: No espírito das ideias que merecem ser espalhadas, o TED criou o programa chamado TEDx. O TEDx é um programa de eventos locais, e organizados de forma independente, que reúne pessoas para dividir uma experiência ao estilo TED. O TEDx São Paulo é uma conferência sem fins lucrativos que reunirá mais de 30 pensadores de áreas de conhecimento tão diversas quanto arte e tecnologia, ciência e negócios, para falar sobre suas melhores ideias em palestras com duração de 5 ou 15 minutos. O tema desta primeira edição do evento será: O que o Brasil tem a oferecer ao mundo hoje? O TEDx São Paulo acontecerá no dia 14 de novembro de 2009 e será gratuito.

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

PPGE com 12 trabalhos no Virtual Educa

Eis a lista dos trabalhos desenvolvidos pelos professores e alunos do PPGE_UFAL aprovados e divulgados no site do Virtual Educa.

A lista não está completa e os artigos destacados em amarelo significa que ainda falta registrar as co-autorias.

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM NA DISCIPLINA DE FÍSICA NO CONTEXTO DA WEB 2.0: UMA EXPERIÊNCIA COM O USO DO YOUTUBE NO ENSINO MÉDIO - Jasete Pereira; Ivanderson Pereira; Luís Paulo Leopoldo Mercado; Fernando Silvio Cavalcante Pimentel

PROPRIEDADE E AUTORIA NA ERA DA MOBILIDADE - Cleber Nauber Santos

A VISÃO DO ALUNO DA EAD NA GRADUAÇÃO EM HOTELARIA DA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL EM ALAGOAS - Luiz Wilson Machado da Costa e Silva Neto; Luís Paulo Leopoldo Mercado

A QUESTÃO DO TEMPO NA EDUCAÇÃO ON-LINE: O QUE PENSAM OS ALUNOS VIRTUAIS - Márcia Rafaella Graciliano dos Santos Viana

CHAT, INTERAÇÕES E TUTORES: AS CONTRIBUIÇÕES NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM - Tarciana Angelica Lopes Silva

POTENCIALIDADES DO OBJETO DE APRENDIZAGEM VISIBLE BODY PARA O PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM ONLINE - Ivanderson Pereira da Silva, Ibsen Mateus Bittencout Pinto e Lilian Kelly de Almeida Figueiredo

EVASÃO NOS CURSOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DA UAB/UFAL - Ibsen Bittencourt; Luís Paulo Leopoldo Mercado

OS DESAFIOS DO ORKUT: FERRAMENTA ALTERNATIVA PARA A COLETA DE DADOS - Carmem Lúcia Araújo Paiva Oliveira

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NAS TESES E DISSERTAÇÕES DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO BRASILEIROS NO PERÍODO 1998-2007 - Luis Paulo Leopoldo Mercado; Mayara Teles Viveiros de Lira; Cíntia Silver Lira

POSSIBILIDADES E DESAFIOS DO USO DA FERRAMENTA TWITTER PARA A COLETA DE DADOS NA PESQUISA QUALITATIVA - Ivanderson Pereira; Luís Paulo Leopoldo Mercado

INCLUSÃO DIGITAL COMO FERRAMENTA PARA PROMOÇÃO DE SAÚDE MENTAL - Deise Francisco Juliano

EDUCAÇÃO ONLINE: CONSTRUINDO UM AMBIENTE DE APRENDIZAGEM INSPIRADO NA CONCEPÇÃO SOCIOINTERACIONISTA DE VIGOTSKY - Maria Aparecida Viana; Wladia Bessa Cruz; Victor Matheus Brasil Barbosa

Lista enviada pelo Coordenador do Mestrado em Educação Brasileira da UFAL, Prof. Luís Paulo Leopoldo Mercado

PPGE_UFAL no Virtual Educa 2009


Uma das formas de avaliarmos um programa de pós-graduação é pela sua efetiva participação em eventos de referência e qualificados nas respectivas áreas do conhecimento em que o PPG se encontra.

Nos últimos tempos o PPGE_UFAL tem participado de grandes eventos na área da educação, como o 19º EPENN realizado em julho deste ano, com mais de 60 trabalhos selecionados e apresentados (poster e comunicação oral).

Em eventos nacionais e internacionais na linha de pesquisa de Tecnologias da Informação e Comunicação professores e alunos do PPGE_UFAL tem estado presentes, assim como o ESUD, EDUTEC, CIAED, Econtro Internacional da UAB, Web Currículo e o International Symposium on Computers in Education (SIIE 2009)

E mais um evento internacional, o Virtual Educa 2009, começou a divulgar os trabalhos selecionados para serem apresentados na Argentina (Qualis A2). Nesta lista já constam cerca de dez presenças confirmadas de professores e alunos do PPGE_UFAL.

São trabalhos de referência, fruto de pesquisa e investimento no desenvolvimento de práticas para a EAD.

Parabéns PPGE_UFAL.

Veja a lista em: Ponecias Seleccionadas

Computadores em sala de aula

Visitando o blog do Prof. Manuel Area Moreira, encontrei alguns referenciais e algumas experiências da EAD na Espanha, além da divulgação de alguns eventos na área e que estão para acontecer na Europa.
.
Acompanhar o que está acontecendo no "Velho Continente" deve ser uma prática nossa, pois aprendemos muito quando podemos compartilhar as experiências e observar que caminhos outros países estão trilhando.
.
Outro fator significativo é que podemos acompanhar as pesquias e projetos que estão sendo desenvolvidos, o que nos abre um leque de opções e possibilidades.
.
.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

UFAL PREPARA CONGRESSO ACADÊMICO

A Universidade Federal de Alagoas já se prepara para o Congresso Acadêmico e inscrições de trabalho começam dia 13 de outubro, terça-feira próxima. Leia mais:


Do site da UFAL: www.ufal.br


Os alunos da graduação e pós–graduação (lato e stricto sensu) interessados em participar do VI Congresso Acadêmico têm o período de 13 a 25 deste mês para inscrição de trabalhos. O VI Congresso se realizará de 23 a 28 de novembro e, de acordo com o coordenador geral Eurico Lôbo, este ano o evento será descentralizado, com atividades acontecendo, principalmente, nas Unidades Acadêmicas do Campus Maceió, Campus Arapiraca e Polos e Educação a Distância (EAD).

Eurico Lôbo complementa que, integram o VI Congresso Acadêmico: o XIX Encontro de Iniciação Científica, a VIII Semana de Extensão Universitária, a VI Semana de Cultura Africana, V Semana Alagoana de Empreendedorism e as Jornadas das Unidades Acadêmicas.

“Com o tema geral ‘Excelência Acadêmica com Inclusão Social’ o congresso é um momento rico para integração, pesquisa e troca de informações. O Campus Arapiraca e EAD utilizarão a mesma sistemática do Campus A. C. Simões”, enfatiza Eurico Lôbo.

Conforme a programação, a conferência de abertura no Campus Maceió será às 9 horas no auditório do CSAU, e no Campus Arapiraca, às 15 horas, no auditório da sede, em Arapiraca. Após a conferência de abertura, nos dias 23, 24 e 25 serão apresentados nas Unidades Acadêmicas, trabalhos nas modalidades Extensão, Pibic, monografias e outros.

O coordenador acrescenta que, nos dias 26 e 27, acontecerão, nas Unidades Acadêmicas, mini-cursos, oficinas, palestras e painéis. A Noite da Cultura Africana está definida para sexta-feira, dia 27, das 16h às 22 horas e contará com apresentação de Dança, Música, Culinária e Vestimenta.

Cada Unidade Acadêmica constituirá um Comitê de Avaliação que selecionará os melhores trabalhos de cada modalidade que serão premiados com o certificado de Excelência Acadêmica. As modalidades são Pibic, Extensão, Trabalhos de Conclusão de Curso, Outros Trabalhos (trabalhos já apresentados em outros eventos) e Pesquisa (Graduação e Pós-graduação).

“Esperamos a participação de toda comunidade universitária e do público externo para um grande momento de aprendizagem, debates e troca de saberes”, diz Eurico. O VI Congresso será encerrado em Maceió, às 12h, com a entrega dos certificados de excelência acadêmica. Uma feira gastronômica, marcará o encerramento do evento, em Penedo, a partir das 16 horas.


Veja a programação e inscreva-se em: http://www.ufal.edu.br/ufal/noticias/2009/10/inscricoes-de-trabalhos-para-o-vi-congresso-academico-comecam-dia-13

.


terça-feira, 6 de outubro de 2009

Um presente de Deus

Para quem não tem a experiência, ter uma filha é uma coisa indescritível... elas chegam em nossa vida e simplesmente nos laçam o coração, tomam conta de nossas forças e dobram nossas vontades.
Dominam nossa maneira limitada de ser. Nos enchergam como um deus ou como um super-herói...
Nos amam independente de tudo, nos aceitam como somos e ainda dizem que somos os mais lindos e fortes do universo.


Ô paixão do paizinho pela linda...
Gente, compartilho com vocês, nesta semana que nos preparamos para celebrar o dia da criançada, um momento belíssimo de minha lindíssima filha, Maria Fernanda, de palhacinha na abertura da semana da criança em seu colégio. Ela é a primeira na foto, da esquerda para a direita.
Beijos do pai que te ama!

FITS realizará semana de Pesquisa e Extensão


A Faculdade Integrada Tiradentes irá realizar a 3ª semana de pesquisa e estensão, nos dias 11 a 13 de novembro, tendo como tema central Sociedade, Violência e Criminalidade.
Informações e inscrições no site: http://www.fits.edu.br/hotsites/3sempex/

Revista EDaPECI recebe ISSN

Prof. Dr. Glaucio Machado, editor Geral da Revista EDaPECI comunicou hoje que a revista está indexada com seu ISSN (ISSN2176-171X).

Os autores e membros do Conselho Editorial e Editores já podem catalogar a publicação em seus currículos, bem como, autores podem enviar textos para a apreciação e possível publicação na Revista.

"Aproveitamos também para anunciar que, pelo grande recebimento de textos e artigos, faremos um novo número até final de outubro e outro em dezembro. Assim, entraremos em 2010 com três números publicados e, a partir do referido ano, retornaremos à quadrimestralidade da revista como programada anteriormente" (Prof. Dr. Glaucio)

Visitemos o site da revista e apreciemos os artigos deste número inicial.

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Web Rádio ABED


A ABED lançou uma Web Rádio para que pudéssemos acompanhar o 15ºCIAED, ocorrido em Fortaleza.
.
Ainda podemos visualizar alguns acontecimentos (fotos), videocast com personalidades da EAD e apresentações do evento. Tudo isso por meio do blog da Web Rádio.
.


sábado, 3 de outubro de 2009

A Era do Hipertexto

Por Karla Vida (via e-mail)

O Núcleo de Estudos sobre Hipertexto e Tecnologias na Educação da Universidade Federal de Pernambuco (Nehte/UFPE), vinculado aos cursos de graduação e pós-graduação em Letras, lança este mês suas novas ações educacionais.

A primeira ação é a publicação do livro A Era do Hipertexto: linguagem e tecnologia. De autoria do coordenador do Nehte, o professor Antonio Carlos Xavier. O livro traz uma série de reflexões sobre a revolução digital e a produção e circulação do saber depois da chegada da Internet.

A obra também oferece ao leitor uma contextualização histórica sobre o surgimento da tecnologia hipertextual e discute várias definições e formas de conceituar o hipertexto. Inclui também a ideia de que, antes da informática, índices e sumários, por exemplo, já eram formas de manifestação da hipertextualidade.

Além da edição impressa, as pessoas que adquirirem o livro terão acesso ao texto formatado em versão digital. "Preparamos uma versão especial de A Era do Hipertexto para aqueles que adquirirem a versão impressa do livro. Trata-se de uma versão digital, em formato e-book, com links e informações adicionais", afirma o autor. A versão digital está disponível no blog do professor no endereço eletrônico http://www.profxavier.blogspot.com

A Era do Hipertexto será lançado oficialmente no Recife durante o VII Congresso Internacional de Tecnologia na Educação, a VIII Bienal Internacional do Livro, ambos no Centro de Convenções de Pernambuco. Também estão agendados lançamentos e durante o III Encontro Nacional sobre Hipertexto em Belo Horizonte, na V Fliporto – Fe sta Literária Internacional de Porto de Galinhas (05 a 08/11/2009) e na Livraria Cultura no dia 21/12/2009 às 19h.

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

INVESTIMENTO PÚBLICO NA EAD

Do site: Universia.com


Investimento público estimula crescimento da EAD

IES privadas aproveitam alta da modalidade para investir

Por Bruno Loturco

Entre 2004 e 2007, a quantidade de instituições autorizadas pelo MEC (Ministério da Educação) a oferecer cursos Superiores de EAD (educação a distância) cresceu 54,8%. A evolução do número de alunos foi ainda mais significativa. Saltou de 309.957 no primeiro ano do levantamento para 972.826 em 2007, alta de 213,8%. Esses dados são do AbraEAD 2008 (Anuário Brasileiro Estatístico de Educação Aberta a Distância), que também informa que a quantidade de cursos de graduação a distância aumentou de 10 para 349 entre 2000 e 2006.

Fabio Sanchez, coordenador do censo da Abed (Associação Brasileira de Educação a Distância), afirma que os cursos que mais crescem são os de gestão e os ligados à formação de professores. "O Brasil tem uma demanda enorme por parte de professores não formados e a EAD é uma alternativa viável para quem não tem formação adequada. No caso da administração, é porque os cursos são modulares e fáceis de serem ministrados a distância", diz Sanchez.

De acordo com Vani Moreira Kenski, diretora da Abed, a rejeição aos cursos a distância tem diminuído. O principal motivo seriam os avanços tecnológicos. "As possibilidades de interação têm feito com que haja condições muito boas de se trabalhar pedagogicamente on-line. Hoje é possível dedicar atendimento orientado e personalizado e, ao mesmo tempo, atingir mais pessoas", afirma Vani. Segundo ela, o melhor aproveitamento dos recursos tecnológicos por professores e alunos ajuda a aumentar o espaço para o aprendizado. "São ampliadas as possibilidades para refletir, pensar e aprender nessa nova realidade", acrescenta ela. Além disso, Vani destaca outros fatores que considera fundamentais para o estimulo da EAD no Brasil. Ela cita a criação da UAB (Universidade Aberta do Brasil), que desde 2005 tem o objetivo de interiorizar a oferta de cursos e programas de Educação Superior por meio da articulação com IES (instituições de Ensino Superior) públicas já existentes.

Carlos Eduardo Bielschowsky, titular do SEED/MEC (Secretaria de EAD do Ministério da Educação), destaca que o sistema UAB tem 140 mil alunos em 550 pólos de 86 IES públicas diferentes. Além disso, segundo ele, outros 740 pólos estão em fase de implantação. Bielschowsky lembra que o setor privado, que em 2000 tinha pouco mais de mil alunos, chega a um milhão de estudantes. "Nesse contexto de crescimento acelerado, nossa preocupação é com a qualidade", explica Bielschowsky.

Na análise de Vani, o investimento que é feito pela iniciativa pública demonstraria preocupação com a democratização do acesso ao Ensino Superior. "Investem com um viés político, mas cumprem o papel de levar educação de qualidade a um número maior de pessoas", acredita ela. Sanchez defende a importância dessa interiorização da EAD. "Um país com a enorme demanda por educação e com o tamanho que o Brasil tem não pode se dar ao luxo de ignorar o potencial da EAD. Ainda mais porque as IES estão concentradas nas capitais e no litoral e o interior do País está carente de educação", diz ele.

Esse potencial ao qual a Abed se refere já chamou a atenção do setor privado, que vê nesse segmento também uma oportunidade de fazer negócios. Carlos Longo, diretor de EAD da Veris Educacional, grupo que controla o Ibmec, conhece essa demanda potencial. Segundo afirma, as instituições privadas estão atentas para aproveitar os caminhos abertos pela UAB. "A entrada de escolas de ponta, como as públicas, na EAD gera credibilidade. A sociedade começa a perceber que a aposta é séria", explica ele. Ao mesmo tempo, Longo diz que o mercado corporativo também estimulou a aceleração e a aceitação do setor ao desenvolver formas de capacitar a distância seu corpo gerencial. "Quando a pessoa percebe que o curso a distância vai melhorar seu currículo e que a empresa está investindo em EAD, ela se interessa pela metodologia", afirma Longo.

Clique aqui para ler a continuação dessa reportagem

Veja na tabela o crescimento no número de instituições e de alunos de EAD ao longo dos anos

2004200520062007Evolução no período (2004-2007) em %
Número de instituições credenciadas
ou com cursos autorizados
16621722525754,8
Número de alunos nas instituições309.957509.204778.458972.826213,8

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Obrigado!

Este vídeo é uma forma de agradecer as inúmeras pessoas que entraram em contato comigo apoiando-me após tomarem conhecimento do bloqueio deste blog.

Como podem ver, já estou podendo administrá-lo e postar meus registros...
.
Agradeço também àqueles que acreditam na minha "ousadia", no meu "atrevimento" em manter um blog com esta temática.
.
Obrigado.