domingo, 30 de novembro de 2008

Começou o ADVENTO

Hoje, 30 de novembro, começa em todo o mundo católico, o tempo litúrgico do Advento, que dá início ao novo ano da liturgia e ao mesmo tempo nos prepara para vivenciarmos com espírito de fé e esperança as festas natalinas.

Meditemos com as palavras do nosso Papa Bento XVI, quando ainda era cardeal:

"Advento significa presença de Deus já começada, mas também apenas começada. Isto implica que o cristão não olha somente o que já foi e o que aconteceu, como também ao que está por vir. Em meio a todas as desgraças do mundo, tem a certeza de que a semente de luz segue crescendo oculta, até que um dia o bem triunfará definitivamente e tudo lhe estará submetido: no dia em que Cristo retorne. Sabe que a presença de Deus, que acaba de começar, será um dia presença total. E esta certeza o faz livre, dá-lhe um apoio definitivo".

Caríssimos amigos blogueiros e internautas, recordemos que as festas de fim de ano, ao contrário do que alguns vivem a dizer, não é um momento de tristeza pela saudade ou por aquilo que se deixou de fazer. É momento de esperança!

Recordemos também que o Natal não é a festa do aniversário de Jesus. No Natal comemoramos sua presença, sua encarnação para a nossa salvação e redenção... mas sobre isso conversaremos num outro momento...

Blog do Yuri divulga o EPEAL

Nosso amigo e blogueiro Professor Yuri Brandão divulgou hoje uma entrevista com o Prof. Tiago Leandro sobre o 3º EPEAL.


Vejamos aqui parte da entrevista...

Blog: Até que ponto é importante a "preparação acadêmica formal"? E qual o limite que divide essa preparação do "academicismo"? É que, em outros tempos, o reconhecimento de alguém prescindia, parcial ou totalmente, do fato de se ter um mestrado ou um doutorado, que têm utilidade, não raro, apenas acadêmica. De uns anos para cá, porém, não possuir esse(s) título(s) pode significar falta de qualificação, como se os estudos formais fossem o único meio de preparação intelectual. Como você analisa esse quadro?

Tiago Leandro: É preciso considerar que, mesmo que os diversos sujeitos tenham uma determinada disposição para uma área de conhecimento, ter conhecimentos formais que possibilitem potencializar tal aptidão é imprescindível na sociedade contemporânea. Nesse sentido, a preparação acadêmica, através de uma formação integral, permite madureza aos sujeitos, através de conhecimentos teóricos e aqueles historicamente produzidos por parte da humanidade, além de técnicas. A universidade, se considerada a formação integral das pessoas que nela estão, tem o dever de formar sujeitos críticos e capazes de interferir no contexto em que vivem. Percebo que a graduação e também a pós-graduação strictu - sensu estão inseridas no que Anísio Teixeira (1900 - 1971) considerava uma função da Universidade: preparar profissionais para as atividades científicas, intelectuais e técnicas; possibilitar ao sujeito uma interatividade com o saber e a sua busca; desenvolver o saber humano por meio de pesquisas, o que conseqüentemente provoca o seu aumento; e possibilitar a transmissão da cultura. Nesse contexto é que a formação acadêmica torna-se relevante. A produção de conhecimentos sistematizados, sofisticados e elaborados tem a intenção não só de contribuir para a inserção, hoje, dos países no mundo globalizado, na era da "sociedade do conhecimento tecnológico", mas, como afirmei acima, de formar "sujeitos". Essa dimensão é parte da e função da Universidade, que não desconsidera o saber extra; antes de tudo, trabalha incessantemente com ele.
No entanto, é preciso considerar que essas funções têm sido atravessadas pelos interesses do mercado. Ao exigir um profissional mais "qualificado" nos seus moldes, o mercado e nele as empresas têm imprimido uma lógica de desconstrução do papel da Universidade, centro que produz ensino, pesquisa e extensão. A concepção de formação aligeirada dos cursos tecnológicos, com menor duração, tem invadido a proposta de formação dos sujeitos no nível superior de formação integral. É preciso ponderar que tais cursos, com suas propostas, não devem ser desconsiderados, pois atendem a uma demanda de indivíduos que já atuam no mercado de trabalho. Porém, tal proposta não deve e não substitui os cursos existentes na Universidade, cuja formação deve ser integral, e nela a formação profissional. Essa formação integral exige investimentos, tempo e por isso as exigências atuais do mercado não podem desqualificar, tampouco substituir tal proposta de educação formal. A exigência de sujeitos qualificados - é importante considerar "qualificado" como uma palavra polissêmica [vários sentidos], pois ela parte de princípios que não são uniformes - faz parte da sociedade atual. Em época em que as políticas públicas brasileiras para o ensino superior permitem que tal nível de ensino se torne um espaço de obtenção de lucros, com aumento de faculdades e instituições que apresentam uma formação "fácil, aligeirada", apresentado-se como fábricas de certificados, é importante que se considere a obtenção dos títulos (mestrado e doutorado) não no conceito de qualificação do mercado, mas como afirmação do que disse acima, formação não só profissional, mas intelectual e cientifica, que possa contribuir para o desenvolvimento econômico, social e político, em específico de um país e de um estado como o nosso, com desigualdades econômicas e sociopolíticas.

Blog: Nesse contexto, fale-nos um pouco acerca do Mestrado em Educação do Cedu/Ufal e das linhas de pesquisa.

Tiago Leandro: O curso de Mestrado em Educação da Universidade Federal de Alagoas/CEDU é um curso essencial na formação de pesquisadores no estado de Alagoas, que tem os piores índices (IDEB - ENEM) educacionais do Brasil. Nesse sentido, o mestrado em educação tem o dever principal de contribuir para a formação de sujeitos, professores e pesquisadores, que possam propor políticas educacionais visando à melhoria da qualidade da Educação em Alagoas, interferindo com ações em nossa realidade educacional, em específico da Educação Básica. O nosso programa conta com 4 (quatro) linhas de pesquisa: Educação e Linguagem; Processos Educativos; História e Política da Educação; Tecnologias da Informação e Comunicação na Educação. Possui, ainda, uma estrutura que conta com laboratórios e uma biblioteca setorial. É um programa em amadurecimento e expansão. Na avaliação da CAPES, ano passado tivemos um aumento da nota para 4 (quatro), o que nos possibilita, ano que vem, já entrarmos com o pedido do curso de doutorado. Isso será um ganho para Alagoas, já que muitas vezes os profissionais da educação têm que sair para outros estados para cursarem o doutorado. Hoje, também, temos uma parceria com a UNEAL, formando professores desta instituição, com uma turma de 20 alunos. Isso só reafirma o compromisso do CEDU e do PPGE com a Educação em Alagoas. É evidente, porém, que, sem o apoio e uma política agressiva da Universidade Federal de Alagoas para a Pós-Graduação, tais esforços poderão ser minimizados. E nisso precisamos avançar.

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

AVALIAÇÃO EM EAD

Comemoramos o Dia Nacional da Educação a Distância
(27 de novembro)

realizando a Mesa Redonda AVALIAÇÃO EM EAD.

Veja algumas fotos:


sábado, 22 de novembro de 2008

EDUTEC 2009

Anote na sua agenda:

A Associação para o desenvolvimento da Tecnologa Educativa e das Novas tecnologias aplicada a educação irá promover, nos dias 15, 16 e 17 de setembro de 2009.


Informações adicionais:



Agende-se e prepara-se!

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Dia 27 de novembro: Dia Nacional da EAD

Dia 27 de Novembro é o Dia Nacional da Educação a Distância.

Participe conosco deste evento:



Informações adicionais:

"Aurea Souto" mariaurea@globo.com

"Mary" maryscofield@gmail.com

"Cleber Nauber" cnauber@hotmail.com

"Ibsen Bittencourt" ibsen.ead@gmail.com

"Fernando Pimentel" prof.fernandoscp@gmail.com


Glossário sobre Internet e Web

Olá alunos de GTI da UNIT, Pólo FITS!

Vamos construir um glossário contendo os termos que vocês encontraram estudando nosso módulo e em outras referências (devem ter sido muitos pois essa área tem muito acrônimo).
Coloquem suas contribuições aqui neste post, clicando em COMENTÁRIOS.

Coloquem não apenas o significado do acrônimo como também uma breve descrição do que é, por exemplo, para o termo FTP pode ser utilizado o seguinte:

"FTP - File Transfer Protocol. Um protocolo das redes TCP/IP, utilizado para a transferência confiável de arquivos. O FTP utiliza o TCP como protocolo adjacente da camada de transporte para garantir a integridade dos dados transferidos."

Lembre-se que todos estão aprendendo com a partilha e contribuição de cada um!

Internet e Rede de Computadores

Olá alunos de GTI, da UNIT Pólo FITS!

O que é uma Rede de Computadores?



Como a Internet Funciona?

Assista ao filme "Guerreiros da Internet" e descubra...


video


video

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Salve, lindo pedão da esperança...

Esqueceram, mas hoje é o dia da Bandeira...




Salve, lindo pendão da esperança,
Salve, símbolo augusto da paz!
Tua nobre presença à lembrança
A grandeza da Pátria nos traz...





Letra: Olavo Bilac
Música: Francisco Braga

É isso aí


É Isso Aí
Ana Carolina
Composição: Damien Rice (vers.: Ana Carolina)

É isso aí
Como a gente achou que ia ser
A vida tão simples é boa
Quase sempre

É isso aí
Os passos vão pelas ruas
Ninguém reparou na lua
A vida sempre continua

Eu não sei parar de te olhar
Eu não sei parar de te olhar
Não vou parar de te olhar
Eu não me canso de olhar
Não sei parar
De te olhar

É isso aí
Há quem acredite em milagres
Há quem cometa maldades
Há quem não saiba dizer a verdade

É isso aí
Um vendedor de flores
Ensinar seus filhos a escolher seus amores

Eu não sei parar de te olhar
Eu não sei parar de te olhar
Não vou parar de te olhar
Eu não me canso de olhar
Não vou parar de te olhar

sábado, 15 de novembro de 2008

Graciliano Ramos e o 15 de Novembro


Enviando pelo amigo Prof. Yuri Brandão


Por Graciliano Ramos

Jornal de Alagoas,

Março de 1915

“A Constituição da República tem um buraco. É possível que tenha muitos, mas sou pouco exigente e satisfaço-me com referir-me a um só. Possuímos, segundo dizem os entendidos, três poderes - o executivo, que é o dono da casa, o legislativo e o judiciário, domésticos, moços de recados, gente assalariada para o patrão fazer figura e deitar empáfia diante das visitas. Resta ainda um quarto poder, coisa vaga, imponderável mas que é tacitamente considerado o sumário dos outros três.
É aí que o carro topa. Há no Brasil um funcionário de atribuições indeterminadas, mas ilimitadas.
Aí está o rombo na Constituição, rombo a ser preenchido quando ela for revista, metendo-se nele a figura interessante do chefe político, que é a única força de verdade. O resto é lorota.
Em escala descendente, a começar pelo Catete, onde pontifica o chefe açu, e a terminar no último lugarejo do sertão, com um caudilho, mirim, isto é um país a regurgitar de mandões de todos os matizes e feitios.
Está aqui um deputado que é um poço de manha, papagueador quando parola com o eleitorado, mudo na Câmara, gênero peru; ali está um presidente de estado que outra coisa não tem feito senão apregoar pelas trombetas oficiais as maravilhas que ninguém vê, mas que ele teve o louvável intuito de realizar; temos acolá um advogado ventoinha, equilibrista emérito, camaleão legítimo; vem depois o comerciante voraz, enriquecido com os favores clandestinos, negociatas escusas e contrabandos; mais distante, avulta a majestade rotunda do industrial insatisfeito, empanturrado pelas propinas que a guerra lhe meteu no bucho.
Todos eles são mais ou menos chefes. Não se sabe bem do que, mas certo é que o são. Graúdos, risonhos, nutridos, polidos, escovados, envernizados, lá estão inchando, inchando. São os grossos batráquios da lagoa republicana. Muitos, menos volumosos, coaxam pelos cantos, chefinhos incolores, numerosos, em chusma, minúsculas pererecas em poças d’água.
São os donos de todos os municípios destes remotos rincões que o estrangeiro ignora, que as cidades do litoral conhecem vagamente, através dos despachos da Agência Americana.
Mandatários do governo, forjadores de eleições, mais ou menos coronéis, caciques em miniatura, têm freqüentemente, para infundir respeito, uma espada da Guarda Nacional, um boné sebento, um lenço de tabaco e um par de socos.
Possuem um factótum, pau para toda obra, secretário particular e muitas coisas mais, criatura que se especializa no mister de enviar ao presidente ou governador do estado chavões telegráficos de congratulação pelo aniversário de gloriosas potocas que enchem nossa história.
São, a um tempo, intendentes ou prefeitos, juízes, promotores, advogados e jurados, conselheiros municipais, comissários de polícia e inspetores de quarteirão.
Realizam a pluralidade na unidade!
E ainda há quem duvide do mistério da Santíssima Trindade.
Parece-me claro que uma pergunta aqui se impõe: para que tanta gente de palha a ocupar cargos em penca, a roer sinecuras polpudas nesta confederação cinematrográfica, em que o poder é a coisa mais centralizada deste mundo, se, desde o tempo dos capitães-mores, um homem só pode administrar, legislar e julgar a contento das populações sertanejas?
Ponha-se, pois, o chefe político no galarim e mande-se às favas o resto.
Metam-no, honestamente, em letra de fôrma.
Entre ele, triunfante, com armas e bagagens, em nosso magno estatuto.
Peguemos o chefe político, agitemo-lo no ar e berremos o estribilho com que a imprensa, há tempos, nos anda a amolar - A Constituição da República precisa de uma revisão.”

Palestra com Dr. Marciel Consani

No próximo dia 19/11 contaremos com a presença do pesquisador Marciel Consani, da área de Educação e Comunicação, ministrando uma oficina intitulada O Rádio na Escola (para o grupo de professores autores do Sistema UAB), bem como a palestra Como usar o rádio na sala de aula.
Quem está promovendo o evento é o programa de Formação Continuada da CIED para os profissionais do Sistema UAB/UFAL/CEFET.
Ele irá
A programação:
Data da palestra : dia 19/11/08
Horário: das 19h30 às 21h30
Local: Auditório do CSAU (UFAL)

Prof. Consani é doutor pelo CCA (Centro de Comunicação e Artes) da ECA-USP, graduado em Música (Bacharel em Instrumento: Violão) pela Universidade São Judas Tadeu (1990), possui Licenciatura Plena em Educação Artística pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo (2002) e mestrado em Educação Musical pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2003). Atualmente é professor da Fundação dos Rotarianos de São Paulo e participa dos projetos desenvolvidos pelo NCE (Núcleo de Comunicação e Educação) da ECA-USP. Também atua como docente nos curso de Comunicação Social da Faculdade das Américas (São Paulo/SP).Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Didática, atuando principalmente nos seguintes temas: interdisciplinaridade, formação de educadores, cultura, música brasileira e tecnologias da informação e comunicação.

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

EAD em prática

Hoje a tarde tivemos, na disciplina Educação a Distância: Fundamentos e Práticas, sob a orientação das Professoras Dra. Anamelea Pinto e Cleide Jane Sá, a nossa primeira redonda com a temática Modelos de Gestão em EAD.
Inicialmente a proposta já nos foi um desafio, já que até então estávamos usando outro modelo de apresentação, com seminários temáticos que envolviam toda uma tarde para cada tema.
Outro desafio se deu exatamente quando realizamos a divulgação das mesas e recebemos de Edméa Santos uma proposta: fazer a transmissão ao vivo, via web, do nosso evento.
Tivemos cerca de 24 horas para poder agilizar o que precisávamos. Isso sem deixar de mencionar nossa tensão tendo em vista o resultado da seleção do mestrado que foi publicado ontem...
Nossas atividades eram: encontrar e testar um soft, preparar a lista de e-mail e enviar o convite-instrução de como fazer o dowloud do soft, instalação e participação, e depois fazer toda a instalação do aparato necessário no auditório do Centro de Educação da UFAL.
A primeira apresentação da mesa ficou sob a responsabilidade de Manuela Pinho, que apresentou as possibilidades do uso de comunidades virtuais de aprendizagem, trazendo-nos os pensamentos existentes até o momento de como utilizar as redes sociais ou os ambientes das comunidades disponíveis na web para a educação.
Glauco Junior e Lucicleide Silva nos apresentaram questões pertinentes sobre a administração e a gestão em EAD, apresentando – inclusive – modelos de algumas instituições. Significativo foi a percepção de que a gestão para a EAD tem elementos próprios, já que a educação a distância tem uma realidade bem específica.
Particularmente a proposta que tivemos foi de grande importância. Inicialmente pela possibilidade de estarmos utilizando um modelo de apresentação de trabalhos muito utilizado em congressos, seminários e outros eventos.
Outro ponto positivo foi o empenho de todos para que tudo ocorresse da melhor forma possível, vencendo as dificuldades que nos apareceram.
Gostaria de evidenciar o seguinte: a EAD, neste momento que estamos vivenciando, está desbravando um mundo novo. E isso nos leva a uma reflexão: precisamos nos deter nos casos e dificuldades para que possamos teorizar e apontar que passos devem ser dados para que a EAD cresça, vencendo os preconceitos e as barreiras que surgem a cada dia.

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Ad Majorem Dei Gloriam

Ad Majorem Dei Gloriam

Queridos familiares e amigos,


Hoje, dia 12 de novembro de 2008, depois de dois anos de intensa luta, saiu o resultado da seleção para o mestrado em educação brasileira da Universidade Federal de Alagoas.


Só Deus sabe o que isto significa!
A Ele minha humilde disposição de continuar dando o melhor de mim naquilo que faço, apesar de não ser muita coisa, pois sei que Ele é quem nos dá a capacidade. Meu sincero desejo de ser-Lhe fiel no pouco que sou.

Gostaria de partilhar com todos a minha intensa alegria por esta etapa vencida, mas sei que é apenas uma etapa e outras estão por vir.


Gostaria de agradecer a todos, principalmente minha esposa e filha (quanto amor e paciência, realmente a palavra de Deus se faz acontecer: "O amor é paciente" 1Cor 13), além de todos os meus familiares e uma incrível torcida de amigos, religiosas e religiosos, conhecidos de vários locais do Brasil e – inclusive - professores e ex-professores meus. Muito obrigado mesmo.


Agora vocês vão ter que continuar tendo paciência comigo, pois terei que me dedicar ainda mais a pesquisa, o que poderá impossibilitar a minha presença em alguns momentos. Vovó Lenira que o diga... vai continuar reclamando...


O que espero e desejo com a possibilidade de fazer este mestrado? Bem, espero poder embasar-me ainda mais para dar continuidade às pesquisas na área da educação online, ajudando a educação no Brasil a crescer, buscando ofertar ao nosso povo uma educação de qualidade e promotora da justiça e da paz.


Um forte abraço a todos.

Fernando Silvio Cavalcante Pimentel

Maceió, 12 de novembro de 2008.

Ad Majorem Dei Gloriam

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Educação a Distância, Fundamentos e Práticas

Professoras e alunos da disciplina EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA, FUNDAMENTOS E PRÁTICAS, convidam para duas mesas redondas que serão realizadas no Auditório do Centro de Educação (CEDU), na UFAL.

Veja a programação e participe.

Qualquer dúvida entre em contato com:

Ibsen Pinto: ibsen.ead@gmail.com - (82) 9111-7366
Fernando Pimentel: prof.fernandoscp@gmail.com - (82) 8839-2981
Mary Scofield: maryscofield@gmail.com - (82) 9971-3131

INSCRIÇÃO GRATÚITA

domingo, 9 de novembro de 2008

O que vem de Deus!

"Tudo o que vem de Deus deixa a alma tranquila,
mesmo diante das aflições e das contradições."
(Padre Pio de Pietrelcina)

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Anais do 2º Simpósio Hiertexto e Tecnologias na Educação

Olá amigos e amigas,

A comissão científica do 2º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação, promovido pelo Núcleo de Estudos de Hipertexto e Tecnologia Educacional (NEHTE) e pelo Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGL) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), informa que já estão disponíveis para acesso os 77 artigos que compõem os Anais Eletrônicos do evento.


Dos textos disponíveis poderemos ler um de nosso amigo Carloney, com o professor Elton e um outro artigo que fiz em colaboração com amigas educadoras da Paraiba.


Os Anais Eletrônicos do 2º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação eletrônica podem ser acessados no endereço
http://www.ufpe.br/nehte/simposio2008/anais.

Um abraço a todos!

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Um achado!

Amigos e amigas,

graças a amiga Profa. Manuela Pinho (UFAL) hoje fiz um achado: o blog do professor Alex Sandro, com algumas reflexões bem oportunas e com charges inspiradas e inspiradoras.

Sugiro que leiam a seguinte postagem:





Prof. Alex Sandro C. Sant'Ana: Pesquisador defende que universidades publiquem conteúdo de aulas na internet

2ª Sempex

FITS vai promover a 2ª SEMPEX.

Visite o site e veja como vai ser a programação:

http://www.fits.edu.br/sempex/

Webradio e difusão científica

Olá caros blogueiros, webnavegadores e visitantes.

Tenho utilizado este nosso espaço para difusão de conhecimento, além de propostas provocativas de ações e reflexões sobre as possibilidades da educação a distância, em especial a educação online.

Hoje gostaria de compartilher com todos um artigo de uma amiga (Mary Lourdes Scofield Osório) e de uma professora em comum (Profa. Dra. Anamelea de Campos Pinto). Li o artigo que me chamou atenção inicialmente pelo seu título.

Convido a todos a lerem o material. É só clicar no título abaixo.


Convido para que também possam comentar este material aqui no nosso blog.


Um abraço a Mary e Anamelea