segunda-feira, 23 de março de 2015

Tese de doutorado investiga aprendizagem das crianças na cultura digital

Cátia Pimentel – Especial para Cied
Nos últimos anos, o professor do Centro de Educação (Cedu) da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Fernando Pimentel, vem pesquisando como as crianças na cultura digital usam as Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDIC) como estratégias de aprendizagem no contexto escolar e extraescola.
O resultado se transformou na tese de doutorado “A Aprendizagem das Crianças na Cultura Digital”, defendida e aprovada no último dia 12, no Cedu. A pesquisa foi orientada pela Profa. Dra. Cleide Jane de Sá Araújo Costa, do Programa de Pós-Graduação em Educação da Ufal, e participaram da banca examinadora os professores doutores Luis Paulo Leopoldo Mercado (Cedu); Deise Juliana Francisco (Cedu); Maria Neide Sobral (UFS) e Fábio Paraguaçu Duarte da Costa (IC).
Alunos do mestrado e dourado do PPGE, professores, pesquisadores, familiares e amigos lotaram a sala de Seminários durante a defesa da tese, que foi indicada pela banca para publicação devido a sua relevância científica.
 “O doutorado me proporcionou avanço como pesquisador e também a possibilidade de aprofundar na área e realizar uma pesquisa considerada pela banca como significativa e relevante para a ciência”, ressaltou Pimentel, que também é vice-coordenador da Coordenadoria Institucional de Educação a Distância (Cied/Ufal).
Para ele, o doutorado contribui para o avanço da Educação a Distância (EAD) na Ufal, uma vez que aumenta a disposição e o interesse em pesquisas na área do uso das TIC na educação. “Os resultados da pesquisa trazem contribuições para repensar tanto a formação dos professores, como a metodologia do uso das TIC em processos de ensino e aprendizagem”.
Avanço no estudo das TIC
Como não poderia deixar de ser, o novo doutor em Educação da Ufal destaca o papel da família na nova conquista. “Sou grato pelo apoio. Como se exige muito de um doutorando, a família que compreende e apoia o aluno tem um papel primordial”.
Para a orientadora dele, Cleide Jane Araújo, o trabalho de pesquisa desenvolvido por Fernando Pimentel é relevante, possui base teórica e metodológica consistente que permite uma reflexão a respeito da utilização das Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação pelas crianças que já estão inseridas na cultura digital, observando criteriosamente como as tecnologias são utilizadas no contexto escolar e fora dele.
“O estudo apontou dois aspectos importantes: o primeiro leva em consideração a utilização das TDIC pelas crianças de forma espontânea e como estratégia de aprendizagem; o segundo, as TDIC ainda não possui um lugar no contexto escolar que permita sua inserção no processo de aprendizagem por meio de práticas pedagógicas efetivas”.
O professor Luis Paulo Mercado, membro da banca e Decano do PPGE, destacou a importância da defesa da tese do professor Fernando Pimentel por ser a primeira da linha de pesquisa em Tecnologias da Informação e Comunicação do PPGE. A pesquisa nesta área começou desde a criação do PPGE. Antes essa linha de pesquisa era vinculada a de Formação de Professores. Com a ampliação do número de docentes na área se transformou em linha própria, tendo hoje mais de 80 dissertações defendidas e mais de 15 teses de doutorado em produção.
“O que mostra a importância da temática das tecnologias na formação no ensino superior na Ufal”, pontuou Luis Paulo, que vislumbra a possibilidade de se pensar num Doutorado na Ufal na área de TIC na Educação tendo em vista a ampliação do quadro de doutores na área.