quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

4º Congresso Ibero-Americano em Investigação Qualitativa

A Comissão Organizadora do CIAIQ2015 convida a comunidade a submeter propostas ao 4º Congresso Ibero-Americano em Investigação Qualitativa e ao 6º Simpósio Internacional de Comunicação e Educação, a realizar em Aracaju (Sergipe, BRASIL), nas instalações da Universidade Tiradentes, nos dias 5, 6 e 7 de agosto de 2015. Os autores poderão submeter propostas de apresentação de trabalhos que se enquadrem nos objetivos e nas temáticas do Congresso, nomeadamente artigos científicos originais abordando revisões do estado da arte e novas perspetivas de investigação, soluções e/ou aplicações para problemas reais, trabalhos empíricos e/ou de avaliação, entre outros.

Podem ser submetidos trabalhos cujo os Campos de Aplicação abranjam as seguintes áreas:
1.       Investigação Qualitativa na Saúde (ênfase nos processos de investigação nas áreas de Medicina, Enfermagem, Geriatria, Gerontologia, Psicologia, etc.)
2.       Investigação Qualitativa na Educação (ênfase nos processos de Investigação nas diversas áreas do Ensino Superior, Ensino básico, Avaliação, Currículo, Didáticas, Ensino de Ciências, Línguas, História, Tecnologia, etc.)
3.       Investigação Qualitativa nas Ciências Sociais (ênfase nos processos de Investigação nas áreas da Comunicação, Artes, Linguística, Sociologia, Antropologia, Administração, Marketing, Gestão e Economia, etc.)
4.       Investigação Qualitativa na Engenharia e Tecnologia (ênfase nas metodologias de suporte baseadas em computador e no software para investigação qualitativa e na investigação qualitativa nas áreas da Engenharia e Tecnologia, Sistemas de Informação e Educação em Engenharia)

TEMÁTICAS CIAIQ2015
A) Fundamentos
  1. Fundamentação e Paradigmas de Investigação Qualitativa (estudos teóricos, reflexão crítica sobres as dimensões epistemológicas, ontológicas e axiológicas)
  2. Sistematização de estudos com Abordagens Qualitativas (revisão da literatura, integração de resultados, agregação de estudos, meta-análise, meta-análise qualitativa, meta-síntese, meta-etnografia)
  3. Investigação Qualitativa e Métodos Mistos (ênfase em processos de investigação que se apoiem em metodologias mistas mas com prioridade às abordagens qualitativas)

B) Operacionalização
  1. Tipologias de Análise de Dados (análise de conteúdo, análise do discurso, análise temática, análise de narrativas, etc.)
  2. Processos inovadores de Análise Qualitativa de Dados (desenho de análise, articulação e triangulação de diversos fontes de dados – imagens, áudios, vídeos)
  3. Investigação Qualitativa em Contexto Web (eResearch, etnografia virtual, análise de interações, corpus latent na internet, etc.)
  4. Análise Qualitativa com Apoio de Software Específico (estudos de usabilidade, user experience, impacto do software na qualidade de investigação e da análise)

TEMÁTICAS SIEC
  1. Proposições e experiências de docência, uso e gestão na escola (ênfase na apresentação de estudos e pesquisas sobre a formação de professores e a gestão das com as TIC)
  2. Resultados de estudos e pesquisas (sobre as mídias e tecnologias digitais na aprendizagem)

DATAS IMPORTANTES
Submissão de textos de propostas de artigos: até 15 de março 2015
Notificação aos autores: até 25 de abril 2015
Submissão dos textos definitivos para publicação: até 9 de maio 2015
Inscrição sem sobretaxa: até 9 de maio 2015
CIAIQ2015: 5 a 7 de agosto de 2015

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Noticias desde la CUED del día 22/01/2015


Os Custos da Educação a Distância - EAD | Blog Educação a Distância | http://sco.lt/4s62vx 

Future Proof your Learning Environment | http://sco.lt/6Lz8CH 

Educación y Virtualidad: Añadiendo una capa de Recursos Educativos Abiertos | http://sco.lt/8I7r05 

La feria BETT 2015 reúne en Londres a los mayores expertos en educación y tecnología -aulaPlaneta | http://sco.lt/70hkDR 

iDidactic's Blog » 3 excelentes sitios de educación gratuita online | http://sco.lt/5mG9FR 

Los dispositivos móviles en educación: ¡una tendencia en aumento! | El Blog de Educación y TIC | http://sco.lt/4xEkcL 

A Beautiful Visual On The impact of Social Media on Students | http://sco.lt/7aR3PV 

Microblogging y Educación, un nuevo camino para la enseñanza | Blog de educación | SMConectados | http://sco.lt/9HxR0z 

RIED: Affection And Conflict In Learning Management System Interactions | http://sco.lt/7JuC8H 

ID and Other Reflections: MOOCs in Workplace Learning – Part 1: Some Points to Consider | http://sco.lt/6IbN4r 


segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Notícias da Catédra UNESCO de Educação a Distância

Las 100 mejores universidades de América Latina | http://sco.lt/5Ij8y1 

Un muy buen marco Pensamiento Crítico para Profesores y Educadores | http://sco.lt/9M4we9 

Massive Open Online Courses: Opportunity Or Threat For Iberoamerican Universities | http://sco.lt/9AVn61 

Javier Tourón: ¿Cuáles son las 10 tendencias del aprendizaje digital para 2015? | http://sco.lt/70kK37 

RIED: The Figure Of The Facilitators In The Mass And Open Online Courses | http://sco.lt/9J5sjR 

Applying Learning Theory to Mobile Learning | http://sco.lt/7kN49x 

Creating Personalized Learning for Everyone | http://sco.lt/9MDTA9 

Evaluating Online Courses | http://sco.lt/6IC7m5

Las 100 mejores universidades de América Latina - Las2orillas | http://sco.lt/5Ij8y1 

Un muy buen marco Pensamiento Crítico para Profesores y Educadores ~ Tecnología Educat... | http://sco.lt/9M4we9 

Massive Open Online Courses: Opportunity Or Threat For Iberoamerican Universities | http://sco.lt/9AVn61 

Javier Tourón: ¿Cuáles son las 10 tendencias del aprendizaje digital para 2015? | http://sco.lt/70kK37 

RIED: The Figure Of The Facilitators In The Mass And Open Online Courses | http://sco.lt/9J5sjR 

Applying Learning Theory to Mobile Learning | http://sco.lt/7kN49x 

Creating Personalized Learning for Everyone | http://sco.lt/9MDTA9 

Evaluating Online Courses | http://sco.lt/6IC7m5

sábado, 17 de janeiro de 2015

Evento prorroga data de submissão

NOTA:
comissão de organização do 6º Seminário Nacional do EDaPECIdecidiu na prorrogação do prazo de submissão dos artigos para o dia 23 de fevereiro de 2015, sendo que o pagamento das inscrições poderá ser realizada até a data do credenciamento do eventoobedecendo o limite de 300 vagas  estabelecidas.
prazo para o aceite dos trabalhos corresponderá a até 30 dias após a data de submissão do mesmo pelo autor, e poderáser acompanhada usando o login e senha através da plataforma SOAC/UFS. Com issofica estabelecido o prazo final dos aceites, a data, 23 de março de 2015 para os artigos que forem submetidos no prazo limite.

Informações Gerais:
Período: 11 a 13 de maio 2015
Local:  Universidade Federal de Alagoas (UFAL), MaceióAlagoasBrasil.
Tema“Educação Digital na Contemporaneidade”

Publicação dos Trabalhos: 15/10/2014 a 15/01/2015 23/02/2015 (prorrogado).

Solicitamos aos autores que pretendem enviar trabalhos para 6º Seminário Nacional do EDaPECIque realizem o pré-cadastro naPlataforma SOAC de submissão do evento
 Normas e inscrições dos autores estão disponíveis na Plataforma SOAC do evento em Diretrizes para Autores.
Clique aqui para acessá-la

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Evento reunirá pesquisadores para discutir educação digital

Prezados/as,

solicitamos divulgação do VI Seminário EDaPECI, que será realizado em Maceió.



grupo de pesquisa EDUCAÇÃO DISTÂNCIA E PRÁTICAS EDUCATIVAS COMUNICACIONAIS E INTERCULTURAIS(EDaPECI), vinculado ao Departamento de Educação da Universidade Federal de Sergipe (UFS), foi criado certificado pelo CNPq em março de 2008. Em 2014, está com sua chamada aberta para a realização do seu 6º Seminário que será sediado na Universidade Federal de Alagoas (UFAL) em Maceió tem como temática"Educação Digital na Contemporaneidade"  que ocorrerá em 2015

O objetivo geral desse evento é fomentar o debate, a troca de experiências e pesquisas e a integração das Tecnologias da Informação e Comunicação na Educação Básica, bem como na formação docente nas modalidades presencial e a distância. Além disso, amplia o intercâmbio entre os diferentes segmentos da educação que têm interesse nas TIC e formação docente, propondo a reflexão sobre Ensino, Pesquisa e Extensão em nível nacional e internacional.

Cordialmente,

Prof. Fernando Pimentel
Ufal


Revista e-Curriculum passa a ser trimestral

O Conselho Editorial da revista científica e-Curriculum, ISSN 1809-3876, completa e disponibiliza o terceiro número das publicações previstas para 2014.

Ao longo do ano, a revista contou com artigos que ofereceram contribuições importantes para os debates no campo do currículo. A partir deste ano a e-Curriculum passará a publicar quatro edições anuais, com periodicidade trimestral.


Convidamos a todos para consultar o sumário da presente edição e acessar os artigos de seu interesse.


Revista Científica e-curriculum. ISSN 1809-3876
v. 12, n. 3 (2014)
Sumário
http://revistas.pucsp.br/index.php/curriculum/issue/view/1331

Editorial
--------
 EDITORIAL  (1457-1459)
        Comissão Editorial


Dossiê Temático: DEBATES EM TORNO DA IDEIA DE BASES CURRICULARES NACIONAIS
--------
 INTRODUÇÃO  (1460-1463)
        Elizabeth Macedo,       Maria Luiza Sussekind

 SOBRE A POSSIBILIDADE E A NECESSIDADE CURRICULAR DE  UMA BASE NACIONAL
COMUM  (1464-1479)
        Nilda Alves

 DA LDB 4.024/61 AO DEBATE CONTEMPORÂNEO SOBRE AS BASES CURRICULARES
NACIONAIS  (1480-1511)
        Paulo Sérgio Marchelli

 AS (IM)POSSIBILIDADES DE UMA BASE COMUM NACIONAL  (1512-1529)
        Maria Luiza Sussekind

 BASE NACIONAL CURRICULAR COMUM: NOVAS FORMAS DE SOCIABILIDADE PRODUZINDO
SENTIDOS PARA EDUCAÇÃO  (1530-1555)
        Elizabeth Macedo

 HETEROGENEIDADE, EXPERIÊNCIA E CURRÍCULO: CONTRAPONTOS À IDEIA DE BASE
COMUM NACIONAL E À VONTADE DE EXTERODETERMINAÇÃO DA FORMAÇÃO
(1556-1569)
        Roberto Sidnei Macedo,  Claudio Orlando do Nascimento,  Denise de Moura
Guerra

 BASE COMUM NACIONAL: UMA DISCUSSÃO PARA ALÉM DO CURRÍCULO  (1570-1590)
        Maria de Fátima Cóssio

 BASE NACIONAL COMUM, ESCOLA, PROFESSOR  (1591-1613)
        Roseli Belmonte Machado,        Kamila Lockmann

 COMUM PARA QUEM?  (1614-1633)
        Todd Alan Price

 O CONCEITO DE PLURALIDADE NO CURRÍCULO NACIONAL SUECO:  ESTUDANDO A
IMPORTÂNCIA DE LIVROS DIDÁTICOS TEÓRICOS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES
PARA INTERPRETAR E CONSTATAR AS DIFERENTES FACETAS DE VIOLÊNCIA NO TRABALHO
DIÁRIO DE PROFESSORES  (1634-1668)
        Silvia Edling

 PONDERAÇÕES AO CURRÍCULO MÍNIMO DA REDE ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO: UMA
CONTRIBUIÇÃO AO DEBATE EM TORNO DA BASE COMUM NACIONAL  (1669-1692)
        Fábio de Barros Pereira,        Inês Barbosa de Oliveira

 ENEM NOS DOCUMENTOS: UMA LEITURA PÓS-FUNDACIONAL DA REESTRUTURAÇÃO DO
EXAME EM 2009  (1693-2018)
        Ana Angelita da Rocha,  Carmen Teresa Gabriel Le Ravallec

 MACROCAMPOS COMO PROPOSTA DE INTEGRAÇÃO E INOVAÇÃO CURRICULAR NO
PROGRAMA ENSINO MÉDIO INOVADOR  (2019-2042)
        Francisca Pereira Salvino,      Vagda Gutemberg Rocha

 TEORIZAÇÃO DO CURRÍCULO COMO ANTÍDOTO CONTRA/NA CULTURA DA TESTAGEM
(2043-2063)
        Janet L. Miller


Trabalhos Científicos
--------
 A MATRIZ DE PENSAMENTO DE PAULO FREIRE: UM CRIVO DE DENÚNCIA-ANÚNCIO DE
CONCEPÇÕES E PRÁTICAS CURRICULARES  (2064-2080)
        Ana Maria Saul, Antonio Fernando Gouvêa da Silva

 PAULO FREIRE NA REDE: A EXPERIÊNCIA DO PROJETO PAULO FREIRE MEMÓRIA E
PRESENÇA  (2081-2094)
        Anderson Fernandes de Alencar,  Fernanda Soares de Campos

 COAPRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DOCENTE EM AMBIENTES ABERTOS
MASSIVOS  (2095-2118)
        Cíntia Regina Lacerda Rabello,  Alexandra Okada

 LABORATÓRIOS DIGITAIS VIRTUAIS EM 3D: ANATOMIA HUMANA EM METAVERSO, UMA
PROPOSTA EM IMMERSIVE LEARNING  (2119-2157)
        Eliane Schlemmer

 PLANEJAMENTO PARTICIPATIVO EM EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E A CONSTRUÇÃO
DE UM CURRÍCULO MULTICULTURAL  (2158-2175)
        Luciana Santos Collier

 ESPAÇOS CERRADOS: AS MARCAS DA VIOLÊNCIA E DO CONTROLE NA ARQUITETURA DAS
ESCOLAS  (2176-2191)
        Dirce Zan,      Beatris Cristina Possato

 DIVERSIDADE SOCIOCULTURAL E DESEMPENHO ESCOLAR: UM OLHAR SOBRE O CURRÍCULO
EM AÇÃO  (2192-2210)
        Mário Medeiros da Silva,        Vanderleia Paes


Entrevistas
--------
 PESQUISAR E TRANSFORMAR A PRÁTICA EDUCATIVA: MUDANDO AS PERGUNTAS DA
FORMAÇÃO DE PROFESSORES – UMA ENTREVISTA COM KENNETH M. ZEICHNER
(2211-2224)
        Kenneth M. Zeichner,    Alexandre Saul, Júlio Emílio Diniz-Pereira


Revista Científica e-curriculum
http://revistas.pucsp.br/curriculum

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Evento na área das TIC abre período de submissão


6º SEMINÁRIO NACIONAL DO EDAPECI "Educação Digital na Contemporaneidade"

Caros autores e leitores cadastrados na Revista EDaPECI,
O grupo de pesquisa EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E PRÁTICAS EDUCATIVAS COMUNICACIONAIS E INTERCULTURAIS(EDaPECI), vinculado ao Departamento de Educação da Universidade Federal de Sergipe (UFS).
Está com sua chamada, de submissão de artigos, aberta para a realização do seu 6º Seminário Nacional do EDaPECI que será sediado na Universidade Federal de Alagoas (UFAL), em Maceió, no período de 11 a 13 de maio de 2015, e tem como temática "Educação Digital na Contemporaneidade".
O objetivo geral desse evento é fomentar o debate, a troca de experiências e pesquisas e a integração das Tecnologias da Informação e Comunicação na Educação Básica, bem como na formação docente nas modalidades presencial e a distância.
Além disso, ampliar o intercâmbio entre os diferentes segmentos da educação que têm interesse nas TDIC e formação docente propondo a reflexão sobre Ensino, Pesquisa e Extensão em nível nacional e internacional.

  • Submissões de trabalho (artigo completo): 15/09 a 15/12 de 2014.
    • As modalidades e eixos de trabalho encontram-se no portal do evento.
    • Inscrições para submissões de trabalho: www.edapeci.ufs.br

  • Inscrição de proposta para Minicurso: até 30/11.
    • Os proponentes de Minicurso deverão anexar a proposta para avaliação da comissão conforme modelo disponível no portal do evento.

Gostaríamos de contar com vossa participação.

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Educação Online

Educação Online

Desde o advento da internet, mudanças significativas ocorreram não somente nos âmbitos da informatização, mas na assimilação do conhecimento e na busca por formação acadêmica e profissional.
O conceito de ensino à distância, por exemplo, tornou-se sinônimo das melhores possibilidades para estudantes que necessitam de flexibilidade e economia para perseguir as melhores carreiras do mercado. Segundo dados levantados pelo INEP, as matrículas em cursos nessa modalidade ultrapassaram a marca de 7, 5 milhões em 2014.
Um dos motivos para tantos alunos no ensino EAD são as tecnologias que permitem um aprendizado profundo e significativo, seja qual for o curso escolhido. O fato é que os diversos avanços em plataformas, materiais interativos, apostilas e vídeo-aulas permitem o melhor aproveitamento das disciplinas escolhidas pela instituição – ou pelo aluno, no caso das matérias optativas.
Plataformas e tutores
As instituições de ensino que oferecem opções de cursos à distância trabalham com plataformas virtuais inteiramente arquitetadas para a navegação entre as matérias, aulas, fóruns e exercícios.
Isso sem deixar de lado a metodologia de estudo, que combina atividades presenciais de caráter avaliativo e participações em atividades especiais, que variam desde projetos a simpósios.
Os tutores renomados são outro ponto forte da educação EAD no Brasil. São professores com mestrado, doutorado e especializações em ensino online que conseguem prover ao estudante o melhor acompanhamento durante todo período letivo.
Inovações
As ferramentas tecnológicas utilizadas na educação EAD não são idealizadas pela base pedagógica e sim pela equipe de tecnologia de informação da instituição.  Isso permite a integração multimídia − textos, gráficos, imagens, vídeo, áudio e animação − em uma navegação intuitiva, para que o aluno possa desfrutar da melhor experiência de ensino.
Pesquisas
Um estudo envolvendo alunos de um curso presencial e de um curso online assíncrono, através do Índice de Percepção de Comunidade em Sala de Aula, constatou que não existe diferença expressiva no sentimento geral da comunidade formada pelos alunos das duas modalidades.
Inclusive, em alguns casos, os alunos online apresentaram um maior senso de comunidade que nos cursos presenciais. Os dados ainda sugeriram que os instrutores com ampla experiência no ambiente online conseguem criar e manter níveis de comunidade que são, no mínimo, iguais aos verificados em sala de aula presencial. 
Alçando voos na carreira
A educação EAD possibilita que estudantes dos quatro cantos do país possam alçar os melhores voos na carreira, seja por meio de cursos preparatórios – como para vestibular e ENEM, por exemplo – ou graduações e até especializações em nível latu sensu.
Para saber sobre preços e tempo de duração do curso, basta entrar em contato com a instituição pretendida e solicitar as informações. Bons estudos!