segunda-feira, 1 de novembro de 2010

"Como se aprende a aprender a distância?"

Hoje recebi um e-mail de um amigo com uma questão bem pertinente sobre a EAD: como se aprende a aprender a distância?

Vejamos o relato dele.

"...no passado resolvi retomar meus estudos e tentar uma pós-graduação ... Encontrei um curso na minha área de trabalho - Gestão em Telecomunicações. Após algumas consultas por telefone e contatos via e-mail, resolvi matricular-me. E aí é que começou a questão que eu não havia formulado antes: como deve ser o planejamento para se obter aproveitamento em um curso à distância?

A Instituição possui como ferramentas uma biblioteca on-line com os materiais das aulas, um ambiente de "sala de aula virtual", com chat, fórum de dúvidas e área de contato com os demais alunos que cursam a mesma disciplina. cada disciplina deve ser concluída em 30 dias, com 15 dias de tolerância. Acima disto e sem nenhum contato do aluno, este é considerado desistente. Para cada disciplina deve-se responder a uma prova virtual e trimestralmente, provas presenciais. Ao final do curso (de 18 meses) deve-se apresentar uma monografia.

Não consegui, naquele momento, entender o ritmo, a hierarquia e o planejamento que deveria ter para seguir o cronograma. Confesso que a idéia de "estudar nas horas vagas", "faça seu próprio horário", fez com que as coisas parecessem mais fáceis do que realmente eram, e não consegui concluir nem a primeira disciplina no prazo exigido e tranquei a matrícula. Passado um ano resolvo agora retomar o curso e me vejo ainda com dificuldade de adaptação a falta de instrumentos consolidados nas minhas experiências anteriores de aprendizagem como aulas presenciais, o debate direto com o professor e colegas de turma, o trabalho em equipe, o compromisso geográfico da presença diária nas aulas.

Bem, estou prestes a interromper o estudo mais uma vez. Nunca tive problema em dedicar-me em um curso presencial, mas tenho a impressão que a adaptação a aprendizagem à distância não é para todos.

Mas antes de jogar a toalha e desconfiando que muitos devem ter esta mesma impressão que tive, pergunto: como se aprende a "aprender à distância"?


E então, que podemos responder a esta pessoa e a tantas outras que se encontram nesta mesma situação? Como ajudá-los a compreender o processo da EAD?

Aguardo os comentários de vocês!

4 comentários:

Anônimo disse...

Poxa, que bom que exietiu a visão despertadora acerca do processo de aprendizagem na EAD. GEralmente, os ingressos nesta modalidade não se questionam acerca e muita vezes egressam do curso sem ao menos questionar.

Logo, logo retorno com respostas.
RAfael André

Ginaldi disse...

Infelizmente muitos acham que EAD é uma forma de se ganhar diploma fácil. Muito pelo contrario, a EAD exige muita disciplina e muito estudo por parte do aluno.
O primeiro passo para se aprender a aprender a distância, é querer e ter força de vontade. Ápós, vem a disciplina que o aluno deve ter com seus horários de estudo. E para não se sentir só, tem a interação com os professores, tutores e colegas de curso. O uso das tecnologias para diminuir a distância física e temporal é muito importante nesta modalidade de ensino.
O conselho é: não desista, organize seu tempo de estudo, pois a EAD não foi feita para as horas vagas. Tente interagir ao máximo com o curso, pois, desta forma sentirás motivado a permanecer e crescer nos seus estudos.


Ginaldi Ferro

Aluna de Licenciatura em Matemática EAD e de Pós Graduação em docência e tutoria em EAD.

Cleber Marques de Oliveira disse...

O primeiro passo seria conhecer seu estilo de aprendizagem. A pesquisadora Melaré possui muitos estudos sobre esse tema, atualmente pesquisa como aprendemos na EAD e qual é nosso estilo de aprendizagem na EAD. Faça parte do grupo de estudos dela!

Joel disse...

Reitero as palavras da Ginaldi. No mais, antes de tudo é necessário que tenha claro se realmente se interessa e quer concluir aquele curso. A disciplina é fundamental, não adianta só o "estudar nas horas vagas", é preciso um planejamento sério, um cronograma escrito organizando o tempo de estudo de acordo com a demanda do curso e de cada matéria. A interação com os colegas (presencial ou virtualmente) também é importantíssima, não só na construção do conhecimento mas também no processo de motivação. Uma dificuldade que tive: o fato de estudar conectado a internet me deixava muito disperso, ligava o computador para estudar e quando me via já estava fazendo outra atividade. Resolvi isso com o planejamento, separando momentos para o estudo e momentos para o entretenimento (o segundo deve ser bem menor, é claro).
ps.: professor Fernando continuamos na expectativa para que seja nosso orientador no TCC.

Abraço a todos,

Joel Stphan Rocha de Aquino
Graduando em Matemática - EAD